Opiniões

“terra dentro”, de Vanessa Vascouto

Os protagonistas Rita, Mirna e Mosquito são os três irmãos que, através de uma prosa escrita na primeira pessoa, onde os capítulos intercalam as suas distintas vozes, em que cada uma possui uma linguagem ritmada e expressões próprias, constroem o drama familiar envolvente de “terra dentro”, de Vanessa Vascouto, ambientado num Brasil rural, ainda que não saibamos o tempo nem o espaço exacto onde tudo acontece. 

Fonte: Editora Reformatório

A narrativa de Rita, que é a mais sensível entre os irmãos, é construída no formato de vários fragmentos ou delírios que constrastam com uma goteira constante na casa (tic, tic, tic), que simboliza, por um lado, a decadência e, por outro, a passagem do tempo.

Quanto a Mirna, a irmã mais velha, é irreverente e sensual, tem uma personalidade bastante prática e controladora.

No que diz respeito a Mosquito, o mais novo, ele tem a natureza violenta com uma raiva que “nem sabe de onde vem”. A sua paixão por Rosa será a origem da tragédia da família.

A terra, ou a falta dela, representa mais do que um conceito de posse na vida de cada uma destas personagens. Elas herdaram uma espécie de insanidade, tão próxima ao amor, que os ajuda a sobreviver em um ambiente inóspito e sem oportunidades. Como diz a Mirna: “coisa de amor e morte não tem regra”. 

Ao partir do princípio de que  todos deambulam num único espaço, o que nos dá uma sensação vincada de que estão confinados naquela terra e que, além disso, são as suas vozes que orientam o leitor, Vanessa dota esta história de um caráter universal, na medida em que o bem e o mal são conceitos sempre presentes na natureza humana.

Nesta narrativa com menos de 100 páginas, a forma que a autora encontrou para construir o enredo em que ela nos faz mergulhar chamou a minha atenção dado que, ao longo das páginas, temos uma mistura de prosa, poesia, dramaturgia, musicalidade e tudo isto é rematado com uma escrita é simples e fluída. 

Este é o segundo livro de Vanessa Vascouto e sucede ao “Água Fria e Areia”, o seu romance de estreia editado em 2018. Recomendo que leiam “terra dentro”, publicado pela Editora Reformatório, que eu tive o prazer de conhecer através da Tamlyn Ghannam, do canal LiteraTamy, no YouTube.

Foto: Vanessa Vascouto/Divulgação

Sobre a autora:
Nascida em 1983, em Chapecó, no estado de Santa Catarina, Vanessa Vascouto é dramaturga, romancista, poeta, atriz e redatora. Já publicou a peça teatral “A maior distância entre dois pontos” (Sesi-SP Editora, 2019) e um livro infanto-juvenil “A Árvore e a Nãna” (finalista do Prêmio Barco a Vapor 2018). Em termos de romances, é autora de “Água Fria e Areia” (Lamparina Luminosa, 2018) e, em 2020, lançou “terra dentro”, o seu segundo romance, pela Editora Reformatório. Atualmente, vive em São Paulo.

Sugestão de Leitura:

Leitores residentes no Brasil:
“terra dentro”, de Vanessa Vascouto (Editora Reformatório, Livraria Martins Fontes Paulista):
https://www.martinsfontespaulista.com.br/terra-dentro-928758/p

Também estamos no Instagram:
https://www.instagram.com/sonhandoentrelinhas/

Boas leituras!

About author

Articles

Criativo, Criador do Sonhando Entre Linhas, amo ler, e escrever. Gosto de ler quase todos os géneros literários. Amo autores como Valter Hugo Mãe, Fernando Pessoa, José Saramago, João Pinto Coelho, Itamar Vieira Junior, Jeferson Tenório, entre outros. Desde agosto de 2019, trabalho no Grupo LeYa Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *