Eventos Literários

Em Óbidos, o festival Fólio regressa de 14 a 24 de outubro, depois de 1 ano de pausa

Sob o tema “O Outro”, em outubro deste ano, o Fólio, festival que decorre na vila de Óbidos, vai regressar com lotações limitadas e, mesmo sem programação oficial anunciada, já existem curadores para as várias vertentes deste evento.

Depois de um ano de pausa, à semelhança do que ocorreu com outros eventos culturais anuais afectados pela pandemia, o Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos regressa em 2021 e anunciou, nesta semana, as suas novas datas: decorrerá de 14 a 24 de Outubro. Ana Sousa Dias, Pedro Sousa ou Mafalda Milhões, além do livreiro e fundador José Pinho, serão os curadores de alguns dos programas.

Adiado em 2020 devido à covid-19, o festival decorrerá “numa vertente presencial” após a organização “entendido que estarão reunidas as condições de segurança para a sua realização no último trimestre deste ano”, informa a mesma em comunicado. A Câmara Municipal de Óbidos destaca que “este será o primeiro evento a ser retomado no seu formato original” desde que a pandemia “provocou uma paragem abrupta na actividade cultural da vila”.

A covid-19 e o seu impacto na circulação não apenas dos portugueses mas também no turismo que muito alimentava Óbidos provocou alterações no tecido único da povoação que passou a ser conhecida como vila literária — há um ano, em pleno Grande Confinamento, as 11 livrarias da vila estavam fechadas e antecipavam as incertezas futuras, nomeadamente pela dificuldade em retomar o fluxo turístico.

Por isso, 2021 é ano de reprogramar e o evento terá como centro nevrálgico uma tenda na Praça de Santa Maria, com lotação limitada e com bilhetes gratuitos mas de lugares marcados “para garantir o cumprimento da lotação do espaço”, adianta a organização sobre as medidas de segurança necessárias. Se as principais mesas de escritores e sessões centrais terão a praça como local, a tenda de concertos intitulada Palco Inatel estará instalada na Cerca do Castelo.

O Folio foi fundado em 2015 e vai manter uma programação que conta com lançamentos de livros, debates, entrevistas, sessões de autógrafos e conversas entre escritores e leitores. Contudo, neste momento, a programação e o nome dos convidados e presenças de 2021 ainda não é conhecida. Para já, sabe-se que Ana Sousa Dias e Pedro Sousa são os curadores do Folio Autores, o Folio Educa estará a cargo de Ana Sofia Godinho e o Folio lustra de Mafalda Milhões. O Folio Mais está a cargo de José Pinho, fundador e administrador da livraria Ler Devagar e que quando chegou a Óbidos para gerir uma nova livraria incrustada numa antiga igreja mudou a vila medieval para sempre ao abrir mais dez livrarias e fundar o Folio, mantendo uma agenda literária para além do festival durante o ano todo.

No passado, passaram pelo Folio nomes como José Gil, Salman Rushdie, Sérgio Godinho, José Eduardo Agualusa, Valter Hugo Mãe, Ricardo Araújo Pereira, Luiz Ruffato, Dulce Maria Cardoso, Hélia Correia, Lídia Jorge, Nuno Júdice, Rui Cardoso Martins, Patrícia Reis, Ondjaki, Paulo Werneck, Juliana Leite, Tobias Carvalho, John Freeman ou Mathias Énard.

No que diz respeito à música, a programação fez-se de nomes como o de Cristina Branco ou Diabo na Cruz, Fado Bicha ou Camané. O Folia, onde decorre a animação musical, tem curadoria da Fundação Inatel.

Foto: Nuno Ferreira Santos

Também estamos no Instagram:
https://www.instagram.com/sonhandoentrelinhas/

Boas leituras!

About author

Articles

Criativo, Criador do Sonhando Entre Linhas, amo ler, e escrever. Gosto de ler quase todos os géneros literários. Amo autores como Valter Hugo Mãe, Fernando Pessoa, José Saramago, João Pinto Coelho, Itamar Vieira Junior, Jeferson Tenório, entre outros. Desde agosto de 2019, trabalho no Grupo LeYa Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *