Novidades Editoriais

Ambientado no século XVIII, durante a Guerra dos Sete Anos, “Homens cordiais”, marca o regresso de Samir Machado de Machado

Uma mão cheia de anos depois do lançamento de “Homens Elegantes”, um romance histórico que aborda a temática LGBT, Samir Machado de Machado regressa com “Homens cordiais”, um romance de 384 páginas ambientado no século XVIII, durante o período da Guerra dos Sete Anos. cuja edição ficou a cargo da Editora Rocco.

Fonte: Editora Rocco

No romance “Homens cordiais”, recentemente lançado pela Rocco, Samir Machado de Machado faz regressar o protagonista Érico Borges, um soldado brasileiro, para mais uma aventura no reino dos podres da politicagem europeia. Ainda que este novo livro dê sequência à narrativa iniciada no livro que o procede, ele pode ser lido à parte.

Sinopse:
O que James Bond, Umberto Eco e Portugal no século XVIII têm em comum? O que poderia juntar referências a vilões clássicos da animação, trocadilhos inusitados e o musical Hamilton?

Em “Homens cordiais”, Samir Machado de Machado mais uma vez faz as disputas políticas de séculos atrás conversarem com o Brasil e o mundo de hoje em dia. Ver o soldado Érico Borges tentar decifrar os planos da Marquesa de Monsanto, um instante antes de tudo ir para os ares, é ver uma partida de ténis — só que com explosões. E explosões deixam tudo melhor.

Desta vez, acompanhamos Érico enquanto ele utiliza a sua inteligência militar e social para lutar numa batalha que nem sempre é a dele. Além de impedir que mais guerras aconteçam, vemos em Érico um desejo de entender porque é que os poderosos as desejam, para começo de conversa. Com os seus inimigos fictícios, o personagem cativante questiona problemas muito reais, como fanatismo, xenofobia, homofobia e até mesmo disputas de género.

O nosso autor tem a facilidade de mostrar o sentido de algo estrutural: algo presente nos seus alicerces, na sua própria composição — remetendo inclusive à arquitetura de Lisboa após o terremoto de 1755. Por outro lado, perdão pelo trocadilho, mas Samir Machado de Machado abala as estruturas, desafiando as normas do que é um romance de capa e espada para deixá-lo ainda mais emocionante. Aí entram as referências pop no romance histórico: o Satyricon de Petrónio, os deuses gregos, métodos de assassinato à la Agatha Christie e a série Chaves.

A narrativa cativante faz o leitor parar e se perguntar: “Espera um pouco: isto aconteceu de verdade? Estas pessoas são reais?” No entanto, ninguém vai conseguir largar o livro por tempo suficiente para consultar se os túneis romanos sob Lisboa ou se a Irmã Xerazade existiram mesmo. Mas tudo é real para Érico Borges nesta nova aventura. Tudo é muito real para este personagem que só quer voltar para casa seguro para os braços de quem o espera.

Foto: Samir Machado de Machado por Paty Tessmann

Sobre o autor:
Nasceu em Porto Alegre, em 1981. Samir Machado de Machado é escritor, roteirista, designer gráfico e um dos criadores da Não Editora. É autor de “Quatro soldados”, “Homens elegantes”, vencedor do prêmio Açorianos de melhor romance, e “Homens cordiais”, todos eles editados pela Editora Rocco. Com “Tupinilândia”, Samir recebeu o Prêmio Minuano de Literatura. Além disso, traduziu “O Mundo Perdido”, de Arthur Conan Doyle, sendo que ambos os livros foram editados para a Todavia.

Sugestão de Leitura:

Leitores que residem no Brasil:
“Homens cordiais”, de Samir Machado de Machado (Editora Rocco, Livraria da Travessa):
https://www.travessa.com.br/homens-cordiais-1-ed-2021/artigo/0c1e03d7-87de-417d-a3fd-2a5dbc749ebf

Também estamos no Instagram:
https://www.instagram.com/sonhandoentrelinhas/

Boas leituras!

About author

Articles

Criativo, Criador do Sonhando Entre Linhas, amo ler, e escrever. Gosto de ler quase todos os géneros literários. Amo autores como Valter Hugo Mãe, Fernando Pessoa, José Saramago, João Pinto Coelho, Itamar Vieira Junior, Jeferson Tenório, entre outros. Desde agosto de 2019, trabalho no Grupo LeYa Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *